INVICTUS

Soneto de Mestre

POR QUE?

domingo, 10 de janeiro de 2010

CREPUSCULAR


É tarde. Uma folha
aos pés do poeta,
de súbito, cai.
Rola e, no vento,
com outra esquecida
folha se vai...
Juntam-se, soltam-se,
Prendem-se a outras,
se perdem,
 se vão...

Amores da gente
são folhas dispersas
que ao vento se dão.
Vai-se o poeta
-as cãs já grisalhas –
pensando bobagens
do seu coração....






(Do livro "Estado de espírito")

Os meus direitos autorais estão assegurados por lei, conforme registro nº 366.196, livro 677, fl. nº 356, de 12/01/2006, junto ao EAD/Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.


Foto sem crédito: http://folhasenotas.files/wordpress.com/2008/04/folhas.jpg
Postar um comentário

Adquira o seu exemplar

Adquira o seu exemplar
livro.estadodeespirito@gmail.com

COMENTÁRIO DE ISABEL FURINI, laureada poeta e escritora sobre a obra poética "Estado de Espírito"

http://www.icnews.com.br/2013.03.05/negocios/livros-de-negocios/estado-poetico-de-espirito/

Pesquisar este blog

HINO OFICIAL DE LUIZ ANTONIO

Letra: Sersank (Sergio S. Cunha)
Música: Irineu Santa Catarina


Clique para ouvir

https://www.youtube.com/watch?v=FmWSt6RqGs4

BEBO PAROLAS EN ESPERANTO

ESPERANTO: La solvo (A solução)

ESPERANTO: La solvo (A solução)

Veja aqui a NOTA da Prefeitura Municipal de Londrina sobre o lançamento doLivro de SERSANK

http://www.londrina.pr.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17367:sergio-sesank-lanca-estado-de-espirito&catid=88:cultura&Itemid=975

EL VIAJE DEFINITIVO - Poema de Juan Ramon Jimenez