INVICTUS

Soneto de Mestre

POR QUE?

terça-feira, 14 de janeiro de 2014







 Foto by Veldrán Smailovicz - Ruinas Bíbl. Nac. 
Sarajevo-Bósnia, durante a guerra, em 1992

Ars Poetica
A José Augusto Novas
Não há, poeta, estancar
a geratriz do poema.
Não há falseá-la no ópio,
fadá-la por clandestina,
enclausurá-la em doutrina,
submetê-la a sistema.
Não lhe mascare a verdade
por mais odiosa, obscena.
Faça-se canto de guerra
ou uma écloga, amena;
narre uma nobre façanha,
evoque um vulgar dilema;
cante a esperança mais alta,
louve a verdade suprema.

Não há, poeta, estancar
a geratriz do poema.
Atemporal, surterrena,
a realidade é seu tema.
Senti-la profundamente,
sonhá-la, subvertê-la,
recriá-la a todo o instante
busque um esteta se – imensa –
a vê na pedra ainda informe,
na tela descolorida,
num fato que o impressione.
Rio a descer da montanha,
na sua corrente infinda,
flua por entre os veios
da alma de cada artista.
Flua por entre os veios
da alma de cada homem
e fale de amor ainda,
mesmo onde o ódio resista
e rujam os bombardeios.

O Amor é essa luz que buscam
os homens com seus receios.

Sersank

(Do livro “Estado de Espírito”, Ed. Íthala, Curitiba, 2013)





Postar um comentário

Adquira o seu exemplar

Adquira o seu exemplar
livro.estadodeespirito@gmail.com

COMENTÁRIO DE ISABEL FURINI, laureada poeta e escritora sobre a obra poética "Estado de Espírito"

http://www.icnews.com.br/2013.03.05/negocios/livros-de-negocios/estado-poetico-de-espirito/

Pesquisar este blog

HINO OFICIAL DE LUIZ ANTONIO

Letra: Sersank (Sergio S. Cunha)
Música: Irineu Santa Catarina


Clique para ouvir

https://www.youtube.com/watch?v=FmWSt6RqGs4

BEBO PAROLAS EN ESPERANTO

ESPERANTO: La solvo (A solução)

ESPERANTO: La solvo (A solução)

Veja aqui a NOTA da Prefeitura Municipal de Londrina sobre o lançamento doLivro de SERSANK

http://www.londrina.pr.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17367:sergio-sesank-lanca-estado-de-espirito&catid=88:cultura&Itemid=975

EL VIAJE DEFINITIVO - Poema de Juan Ramon Jimenez