INVICTUS

SOU SENHOR DO MEU DESTINO

Nelson Mandela na prisão (Imagem do Google) INVICTUS William Ernest Henley , Poeta inglês ((1849-1903) Tradutor: Sergio de Se...

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Maldição(?) de ser poeta








ARTE ETERNA
 Celso Martins

Enquanto houver num bosque verdejante
Lindas flores em densa profusão
E houver da via – láctea, na amplidão
Milhões de sóis de brilho fulgurante

E houver algum humano coração
Da saudade, presença torturante
E houver o mimo, o zelo cativante
Da mãe trazendo o filho pela mão

E houver um jovem tendo no seu peito
De ver seu sonho de ouro já despeito
Uns espinhos cruéis da dor secreta,

A poesia não terá morrido,
Nem triste ficará por ter nascido

Alguém com a maldição de ser poeta.



Celso Martins, professor, poeta, escritor e palestrante espírita. Membro emérito da Liga Brasileira de Esperanto.


Postar um comentário

Adquira o seu exemplar

Adquira o seu exemplar
livro.estadodeespirito@gmail.com

COMENTÁRIO DE ISABEL FURINI, laureada poeta e escritora sobre a obra poética "Estado de Espírito"

http://www.icnews.com.br/2013.03.05/negocios/livros-de-negocios/estado-poetico-de-espirito/

Pesquisar este blog

HINO OFICIAL DE LUIZ ANTONIO

Letra: Sersank (Sergio S. Cunha)
Música: Irineu Santa Catarina


Clique para ouvir

https://www.youtube.com/watch?v=FmWSt6RqGs4

BEBO PAROLAS EN ESPERANTO

ESPERANTO: La solvo (A solução)

ESPERANTO: La solvo (A solução)

VEJAM O ÁLBUM DA POETA ENIDE SANTOS

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.328048557298805.1073741827.100002809917747&type=3

Veja aqui a NOTA da Prefeitura Municipal de Londrina sobre o lançamento doLivro de SERSANK

http://www.londrina.pr.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17367:sergio-sesank-lanca-estado-de-espirito&catid=88:cultura&Itemid=975

EL VIAJE DEFINITIVO - Poema de Juan Ramon Jimenez