domingo, 21 de novembro de 2010

SOLILÓQUIO



Francisco de Zurbaran, Saint Francis in ecstasy


Fiz-me poeta, um dia e, pela vida afora,
Saí cantarolando coisas da alma pura.
Em tudo via graça e cor e formosura...
Desiludido e só, diante do espelho, agora


Escuto de minh’alma a voz de escárnio, dura:
- “Por que não cantas essa dor que te devora ?
Enalteceste o amor, cantando à vida, outrora,
Agora canta!... Agora canta à desventura!...”
.....................................................................................
Alma infeliz que sou!... Por que te afliges tanto?
Ninguém pode ascender sem conhecer o pranto!
Que eu sorva, agora, o fel por dádiva, também!

Tisnem-se os dias meus, venham os dissabores!...
Que amargue, miserando, as merecidas dores!
Hei de saber vencê-las e seguir além...

(Do Opúsculo "Oásis de Luz", de Sersank)

(Direitos autorais registrados e protegidos por lei)


Imagem:
http://www.topofart.com/images/artists/Francisco_de_Zurbaran/paintings/zurbaran001.jpg

16 comentários:

Sersank disse...

Sobre o soneto “SOLILÓQUIO”, de Sersank
Do site: http://www.luso-poemas.net/index.php

Varenka
Publicado: 20/11/2010 23:32 Atualizado: 20/11/2010 23:32
Colaborador


Usuário desde: 10/12/2009
Localidade: Salvador-Bahia-Brasil
Mensagens: 2808
Re: SOLILÓQUIO

Poeta,
Um soneto que aplaudo!!!
Bravo!!!

Abraço,

Varenka


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=161915#ixzz15sniO2QZ
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Agradeço-te pela postagem de estímulo, querida Varenka!
Bj afetuoso,
Sergio Sersank

Sersank disse...

Sobre o soneto “SOLILÓQUIO”, de Sersank
Do site: http://www.luso-poemas.net/index.php


RaipoetaLonato2010
Publicado: 20/11/2010 23:35 Atualizado: 20/11/2010 23:35
Da casa!


Usuário desde: 13/3/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 348
Re:

SOLILÓQUIO

Canta o poeta os seus dissabores, volta ao vazio dos abraços, às lembranças dos amores.
Lindo poema, amigo.

Raimundo Lonato


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=161915#ixzz15spLTHec
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Meu caro poeta Raimundo Lonato, agradeço o "feed-back".
Por oportuno quero dizer que já havia associado naturalmente o teu nome à interessante "Canção de Ninar Palavras". Marcou.
Meu abraço.
Sergio

Sersank disse...

Julio Saraiva
Publicado: 20/11/2010 23:50 Atualizado: 20/11/2010 23:50
Colaborador




Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 5027

Re:

SOLILÓQUIO

você trabalha a forma clássica como poucos. por isso pode chamar a poesia de você. este poema seu, afora as rimas primorosas, é de uma elegância fantástica.

Julio Saraiva



Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=161915#ixzz15srHWVz3
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

SOLILÓQUIO

Meu caro JULIO,
Sou como você um amante da poesia.
Desde cedo tenho com ela convivido. Claro que sem frescura, com naturalidade, porque a Poesia é uma arte e - como tal, paira acima das bobagens que inventamos.
Ela me tem feito melhor porque me faz expressar tudo o que rola na alma, apesar de que nem tudo (a maior parte)fique apenas nos rascunhos...
Meu abraço,
Sergio Sersank


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=161915#ixzz15sruyVrJ
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Enviado por
POETA ED SILVA
Publicado: 21/11/2010 01:19 Atualizado: 21/11/2010 01:19
Participativo

Usuário/Luso-Poemas desde: 21/11/2009
Localidade:
Mensagens: 18

Re:

SOLILÓQUIO

Magnífica inspiração poeta, somos poeta, cantamos no embalo do sentimento, e para quem critica a forma poética fixa, ela é apenas o refinamento da nossa emoção, VALEU AMIGO. SE PUDER LEIA MEUS DOIS SONETOS DA CONCIÊNCIA NEGRA.

Ed Silva

Sersank disse...

Re: SOLILÓQUIO

Caro poeta, Ed Silva,
Li, sim, os dois sonetos que fizeste em homenagem ao Dia da Consciênkcia Negra.
Muito bons.
Tomei a liberdade de divulgá-los através do Facebook.
Meu abraço e agradecimentos pelo comentário.
Sergio Sersank

Sersank disse...

Uau...
Magnifíco!
Uma excelente e cristalina representação do que seja a alma (e a sina) dos poetas.
Leonardo Janz
http://www.facebook.com/home.php#!/leo.janz10

Sersank disse...

Dankon, Leonardo!
Mian koran saluton!
Sergio

Sersank disse...

Sobre o soneto “SOLILÓQUIO”, de Sersank
Por e-mail

Rosa Maria J. Fagotti para mim
mostrar detalhes 00:28 (11 horas atrás) 21nov2010


Boa noite!

Ao ler tuas poesias, consigo, me apossar da emoção nela contida e viajo no tempo passado. Este é o verdadeiro "poeta"! Aquele que consegue transportar quem lê a uma vivência, ou emoção do presente ou do passado.
Parabéns, meu amigo poeta!

Mando uma singela poesia de minha autoria. Espero que goste.
Abraços,
Nicéia


TUDO PASSA

A vida passa.
com ela, passam ações realizadas,
verdades reveladas, ou segredos guardados.
Passam os anos dourados, anseios, desejos de liberdade.
Voar, ir além da montanha encantada.
Isto também passa...

Descobrir o mundo, onde tudo é belo,
os encantos que são tantos...
Inebria, seduz..
E, que pena!... também passa.
O que não passa é esta vontade de continuar sonhando.
Tudo poderia ser uma doce realidade,
a mais pura verdade.
Poderia... mas não é.

Você, o destino ingrato, disfarce dos fatos,
mostrou sem retoques que o rosto de agora
nada tem da inocência, que o tempo a levou embora.
Mostrou-se desnudo, mudou, perdeu a magia.
Despiu-se do encanto que fazia o coração transbordar.


Só resta agora, um mundo desnudo,
mudo, sem cor, sem beleza.
Um mundo onde a realidade
faz parceria com a insensibilidade e o desencanto.
Mas serve como tema para a poesia que sempre nos traz encantos.


Nicéia Rosa

Sersank disse...

vObrigado, Nicéia.
Fico feliz que tenhas gostado do meu "SOLILÓQUIO".
Gostaria que vc conhecesse o site http://luso-poemas.net/index.php
Nele venho publicando ultimamente os meus poemas e interagindo com outros poetas
Você poderia fazer o mesmo. Tenho certeza que vai gostar.
Meu abraço,
Bom domingo!
Sergio, 21nov2010

Sersank disse...

Sobre o soneto “SOLILÓQUIO”, de Sersank
Do site: http://www.luso-poemas.net/index.php


SOLILÓQUIO

Guarda-te o amor e algo para dor, pois quem morreu não sabe...
Agradeço imensamente por essa leitura, imensamente.

Bjs!

Vânia Lopes
Pouso Alegre - MG


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=161915&com_id=636759&com_rootid=636759&com_mode=nest&com_order=0#comment636759#ixzz15xnz1mmo
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Sersank disse...
Obrigado, Vania Lopes!

Fico feliz por teres gostado do poema.
Meu abraço,

Sergio Sersank

Em tempo:
Vania Lopes, é poetisa e aritista plástica. Conheça mais sobre oseu trabalho no site
http://www.luso-poemas.net/


domingo, 21 de novembro de 2010 21h58min00s BRST

Anônimo disse...

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "SOLILÓQUIO":

Hi, Congratulations to the site owner for this marvelous work you’ve done. It has lots of useful and interesting data

thanxxx
single mother grants


Oi, parabéns ao proprietário do site por este trabalho maravilhoso que fez. Ele tem muitas coisas, muitas informações úteis e interessantes

Thanxxx
Uma mãe solteira

Kiro Menezes disse...

Quisera eu ter a métrica, a rima
de poesia sou vivente sem cultura
que cultura é particípio do futuro
sou pequena e busco o saber do mundo
por vezes e mais vezes, mergulho, afundo

E encontro aqui a salvação do algúrio!

Obrigada aos céus, que tua obra é bela fina,
feita de gente e cordél...

Nunca nos falte tua magia, seja de paixão ou amargura!
que tua obra é linha feita, e faz da gente gente pura...

Adquira o seu exemplar

Adquira o seu exemplar
livro.estadodeespirito@gmail.com

COMENTÁRIO DE ISABEL FURINI, laureada poeta e escritora sobre a obra poética "Estado de Espírito"

http://www.icnews.com.br/2013.03.05/negocios/livros-de-negocios/estado-poetico-de-espirito/

Pesquisar este blog

HINO OFICIAL DE LUIZ ANTONIO

Letra: Sersank (Sergio S. Cunha)
Música: Irineu Santa Catarina


Clique para ouvir

https://www.youtube.com/watch?v=FmWSt6RqGs4

BEBO PAROLAS EN ESPERANTO

ESPERANTO: La solvo (A solução)

ESPERANTO: La solvo (A solução)

Veja aqui a NOTA da Prefeitura Municipal de Londrina sobre o lançamento doLivro de SERSANK

http://www.londrina.pr.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17367:sergio-sesank-lanca-estado-de-espirito&catid=88:cultura&Itemid=975

EL VIAJE DEFINITIVO - Poema de Juan Ramon Jimenez