terça-feira, 12 de outubro de 2010

TROVAS DA MINHA SAUDADE


 
Imagem:

Já faz uma eternidade
Que te afastaste de mim.
Mas, no Livro da Saudade
Nossa estória não tem fim.

Nem me fale de saudade!...
Não me lembre o que passou!
Acabou a ingenuidade.
Acabou tudo. Acabou.

Na magia da saudade
Tudo fica diferente:
Gigantesca sombra invade
O reino d’alma da gente.

Sombra da nossa vontade
Querer que ensombrece a mente...
Se não contida, a saudade
Ensombra a vida da gente...

Deter o tempo é impossível.
Desafiá-lo, quem há-de?
O tempo é um deus irascível
Que jamais sentiu saudade.

Que grande a infelicidade
De quem não tem bem-querer!...
Partir sem deixar saudade...
Morrer, de fato, ao morrer...

Tudo o que é ‘felicidade’
Na saudade tem raiz.
Quem não sabe o que é saudade
Não saberá ser feliz.

Não sei qual a mais pungente
Das saudades que hoje sinto:
Se a do extinto amor, recente,
Se a do antigo amor, extinto.

Tentei matar as saudades.
Tentei matá-las. Tentei.
Nasceram novas saudades
Das saudades que matei.

Não maldigas da saudade
O aguilhão que te aniquila,
Pois, mais triste que a saudade
É o não ter por quem sentí-la...

Esquecida na saudade
Viraste sombra. Sumiste.
Hoje é outra a realidade:
Eu e a tua sombra triste.

Sigo a estrada da verdade.
Levo amor, paz, alegria.
Sou escravo da saudade
E a esperança é que me guia.

Saudade... Estações vividas...
Lembranças tornadas ais.
Imagens, talvez perdidas
P’ra sempre... p’ra nunca mais...

Desencontros... Desencantos...
Quem não os teve, jamais?
Promessas, ósculos, pranto...
Adeuses e... nada mais.

Ébrio de amor e saudade
Eu choro e rio sozinho.
Um dia, a Felicidade
Andou pelo meu caminho...


(Do livro "Trovas de Sersank")

(Probida a reprodução sem citação da fonte e autor)

(Direitos autorais protegidos por lei)




Fontes: Banco de dados do Google 

10 comentários:

L. Janz disse...

Kara Sersank!

Kiom bela poezio!!! Vi ja havas talenton kaj grandan sentemecon por la 'ajhoj de l' spirito'...
Ghis montrighis al mi kiel vera perlo. La ritmo, la rimoj, la fono kaj stilo... Ho... Ghia blovo vere nin penetras kaj tushas la koron!

Chu vi havas libron publikigitan? Kie mi povus ghin acheti? Cte, chu vi notis ke mi ankaú havas poeziojn che mia retblogo? Kaj ili estas kaj en Eo kaj en la Portugala! ;)

Nu... Veran gratulon pro via arto. Mi jam privizis ligilon de via blogo che la mia, kaj, oportune, tute certe mi ankoraú volos cherpi ion de vi por publikigo che 'mi'.

Fratan Brakumon,
Lechjo.

Sersank disse...

Mia kara amiko, L. Janz,
Tutkore mi dankas al vi pro viaj stimulaj vortoj.
La libro(estos mia unua)estas eldononta. Baldaue, mi tre plezure informos vin pri gxia apero.
Kun admiro,
Sersank

Sersank disse...

Sobre as “TROVAS DA MINHA SAUDADE”
Do site: http://www.luso-poemas.net/index.php

Enviado por Tópico Ennio Valan
Publicado: 07/11/2010 15:44 Atualizado: 07/11/2010 15:44
Super Participativo


Usuário desde: 02/11/2010
Localidade:
Mensagens: 157
Re: TROVAS DA MINHA SAUDADE

“Quinze poemas cruzados, fantásticos!
Cumprimentos.

Ennio Valan”

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=159452#ixzz14d2YhFbJ
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Sobre as “TROVAS DA MINHA SAUDADE”
Do site: http://www.luso-poemas.net/index.php

Enviado por Tópico varenka
Publicado: 07/11/2010 15:48 Atualizado: 07/11/2010 15:48
Colaborador


Usuário desde: 10/12/2009
Localidade: Salvador-Bahia-Brasil
Mensagens: 2656
Online!
Re: TROVAS DA MINHA SAUDADE

“Poeta Sersank,

Foi um belo achado tua trova!
Gostei muito! Um dia farei uma trova bonita como a tua.
Obrigada por me proporcionar esta bela leitura.
Abraço,
Varenka”


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=159452#ixzz14d4ZpMPX
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Sobre as “TROVAS DA MINHA SAUDADE”
Do site: http://www.luso-poemas.net/index.php


Enviado por Tópico rosafogo
Publicado: 07/11/2010 16:26 Atualizado: 07/11/2010 16:26
Colaborador


Usuário desde: 28/7/2009
Localidade: Natural deTorres Novas - Vive em- LOURES
Mensagens: 7565
Online!

Re: TROVAS DA MINHA SAUDADE

“Belas trovas, cantou muito bem a saudade. Parabéns!
Rosafogo”

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=159452#ixzz14d5HP0aA
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Sobre as “TROVAS DA MINHA SAUDADE”
Do site: http://www.luso-poemas.net/index.php

Enviado por Tópico Ledalge
Publicado: 07/11/2010 16:55 Atualizado: 07/11/2010 16:55
Colaborador


Usuário desde: 23/7/2007
Localidade: SALVADOR- BA
Mensagens: 8288
Re: TROVAS DA MINHA SAUDADE

O senhor é um talento nos versos.

Parabéns!


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=159452#ixzz14dD4eWeI
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Prezados amigos,

Fico feliz por terem gostado das quadrinhas. Este gênero poético, muito em voga nos anos 60, aqui no Brasil ficou conhecido como "Trova" e ganhou ares de Movimento Literário - o chamado "TROVISMO".
Meu abraço,

Sergio Sersank

Kiro Menezes disse...

Em verdade, ler da tua saudade, saudade brotou em meu seio, ainda menina, moça, mulher recém, de ter assim uma saudade de alguém!

Posto que amores já tive, hoje sei que não amei ninguém, tive paixões que aqui nem convém...

Mais triste que ter em si saudade é não ter saudade por ninguém!

♥ Com carinho de fã, Obrigada Poeta-mestre! ♥

Nicéia Rosa disse...

Sérgio, meu amigo querido, ao ler tuas trovas, penso muito nas trovas que fiz. Pena que as tenho aí pelos cantos,onde estão? Já me esqueci.
Escreves com a alma,tocas na alma dos outros também. beijos
Nicéia Rosa
19/05/2011

Sersank disse...

Obrigado, Nicéia.
Os poetas são assim como você mesma diz... Eles escrevem e partem... O que fica deles é a emoção que deixam, mas - muitas vezes - nem sequer seus nomes ficam...
Obrigado pela honrosa participaçao e pelo carinho de sua amizade. Meu abraço,
Sergio Sersank

Adquira o seu exemplar

Adquira o seu exemplar
livro.estadodeespirito@gmail.com

COMENTÁRIO DE ISABEL FURINI, laureada poeta e escritora sobre a obra poética "Estado de Espírito"

http://www.icnews.com.br/2013.03.05/negocios/livros-de-negocios/estado-poetico-de-espirito/

Pesquisar este blog

HINO OFICIAL DE LUIZ ANTONIO

Letra: Sersank (Sergio S. Cunha)
Música: Irineu Santa Catarina


Clique para ouvir

https://www.youtube.com/watch?v=FmWSt6RqGs4

BEBO PAROLAS EN ESPERANTO

ESPERANTO: La solvo (A solução)

ESPERANTO: La solvo (A solução)

Veja aqui a NOTA da Prefeitura Municipal de Londrina sobre o lançamento doLivro de SERSANK

http://www.londrina.pr.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17367:sergio-sesank-lanca-estado-de-espirito&catid=88:cultura&Itemid=975

EL VIAJE DEFINITIVO - Poema de Juan Ramon Jimenez