sábado, 18 de dezembro de 2010

UMA QUESTÃO COSMOGENÉTICA




        


Debruçaram os milênios
sobre essa atraente questão:
O tempo de vida real da alma terráquea
restringe-se à uma existência e mais nada?
Alteados ao poder da espada
a Bíblia, o Hamurabi e o Alcorão
ressentem-se, nesse ponto, 
da luz,  por mais pardacenta, 
do mais esplendente farol.

Talvez devam também contar-se os anos
por órbitas da nossa galáxia
em torno de Alcíone - o gigantesco sol.
Talvez deva também contar-se o tempo
por órbitas dos universos
em torno de uma Luz, ainda maior, 
que lhes incita à expansão.

Já não se pode duvidar 
que vive para sempre a noss’alma terráquea
na busca incansável de Deus, 
que é nossa causa e razão.


(Do livro "Estado de Espírito", de Sersank)

2 comentários:

Sersank disse...

Do site

www.luso-poemas.net

Re: UMA QUESTÃO COSMOGENÉTICA


Assim creio. E o amor é a força centrípeta que leva de retorno a Deus, ao centro.
A cosmologia da Sant´ssima Trindade aponta nesta direcção

feliz natal
Abraço


Henrique Pedro

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=166632#ixzz18Th72A2Y
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Sersank disse...

Re: UMA QUESTÃO COSMOGENÉTICA

Grande abraço, Henrique.
Feliz Natal!
Sergio Sersank


Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=166632&com_id=657982&com_rootid=657901&com_mode=thread&com_order=0#comment657982#ixzz18TgiIXea


Em tempo:
O poeta português Henrique Pedro escfreve regularmente no seu blog

http://henriquepedro.blogspot.com

É autor do livro “Poemas da Guerra de Mim e de Outrem” (Editora Piaget – 2001) à venda no Brasil (Editora Piaget Brasil):
http://www.ipiageteditora.com.br/ExibeProduto.aspx?codproduto=422

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/yogurt/index.php?uid=979#ixzz18TiB3YdR
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Adquira o seu exemplar

Adquira o seu exemplar
livro.estadodeespirito@gmail.com

COMENTÁRIO DE ISABEL FURINI, laureada poeta e escritora sobre a obra poética "Estado de Espírito"

http://www.icnews.com.br/2013.03.05/negocios/livros-de-negocios/estado-poetico-de-espirito/

Pesquisar este blog

HINO OFICIAL DE LUIZ ANTONIO

Letra: Sersank (Sergio S. Cunha)
Música: Irineu Santa Catarina


Clique para ouvir

https://www.youtube.com/watch?v=FmWSt6RqGs4

BEBO PAROLAS EN ESPERANTO

ESPERANTO: La solvo (A solução)

ESPERANTO: La solvo (A solução)

Veja aqui a NOTA da Prefeitura Municipal de Londrina sobre o lançamento doLivro de SERSANK

http://www.londrina.pr.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17367:sergio-sesank-lanca-estado-de-espirito&catid=88:cultura&Itemid=975

EL VIAJE DEFINITIVO - Poema de Juan Ramon Jimenez