terça-feira, 22 de junho de 2010

CAMINHO, VERDADE E VIDA







Nos vales do mundo, entre gozos e agruras,
Não há resistir ao clangor do porvir.
Mas, como avançar, arrojar-se às alturas,
Se há tantos caminhos? Qual deles seguir?

-Jesus!

São tantos os mestres, das massas mentores,
Com suas idéias e filosofias!
Qual deles - menino - pasmava os “doutores”
Pregando a verdade por alegorias?

- Jesus!

Seguindo o caminho do bem, da bonança•.
No amor da verdade, de mente florida,
Quem ter por esteio da nossa esperança?
Quem ter por roteiro, a inundar-nos de vida?

- Jesus!

(Do livro. "Estado de Espírito", de Sersank)
 
Imagem:
http://umaigrejaqueama.blogspot.com/2009/11/jesus-caminho-verdadeiro.html

3 comentários:

Sersank disse...

Sobre o poema “CAMINHO, VERDADE E VIDA”

Transcfrevo, agradecido, o "feed-back" de minha gentil amiga Rosane, de Florianópolis:

"Lindas verdades, Sérgio.

Não sei se acredito mesmo que as coisas tenham acontecido de acordo com os evangelhos, mas acredito que alguma coisa aconteceu. Claro que o homem em seu início temia as forças da natureza e, num determinado momento alguém usou dessas forças pra colocar ordem sobre o caos (as intempéries viraram castigos, assim como os acidentes) e foi natural o aparecimento dos deuses, sendo a mãe terra (gaia, pacha mama... o que seja) a primeira de todas, e o medo natural do desconhecido e do inesplicável tomou forma física governando vontades.
A história, estória, lenda... de Jesus também impõe a ordem sobre o caos do homem e da alma do homem, seja na forma da rosa mística, da maçonaria, do espiritismo, catolicismo, umbanda, evangélicos, gnósticos... gurus, budistas...
Uma coisa é certa, acalma e dá esperança da cura da dor, da cura da alma. Dá luz e força, oração e FÉ.
Invejo os que tem fé e acreditam na santidade. Os que rezam com fervor e pedem, os que choram e os que riem, sobretudo invejo os simples e puros que se benzem ao rugir do trovão. Invejo você e amo as coisas que me manda."


Rosane Cherem de Abreu
Pelo Orkut, em 23/06/2010, 00:11 h

Meu Toque disse...

Quem ter por esteio da nossa esperança?
Quem ter por roteiro, a inundar-nos de vida?
Eu acredito que todo o segredo esta em amar o próximo, talvez eu estejas errada, mas eu acho mais fácil pensar assim e luto para agir assim.
Amo ler suas palavras elas sempre me fazem (re) pensar.

Sérgio de Sersank disse...

Ah, como seriamos felizes se soubéssemos amar como Jesus amou, viver como Jesus viveu, não é mesmo?
Que Ele nos inspire e nos ampare sempre.
Bj!

Adquira o seu exemplar

Adquira o seu exemplar
livro.estadodeespirito@gmail.com

COMENTÁRIO DE ISABEL FURINI, laureada poeta e escritora sobre a obra poética "Estado de Espírito"

http://www.icnews.com.br/2013.03.05/negocios/livros-de-negocios/estado-poetico-de-espirito/

Pesquisar este blog

HINO OFICIAL DE LUIZ ANTONIO

Letra: Sersank (Sergio S. Cunha)
Música: Irineu Santa Catarina


Clique para ouvir

https://www.youtube.com/watch?v=FmWSt6RqGs4

BEBO PAROLAS EN ESPERANTO

ESPERANTO: La solvo (A solução)

ESPERANTO: La solvo (A solução)

Veja aqui a NOTA da Prefeitura Municipal de Londrina sobre o lançamento doLivro de SERSANK

http://www.londrina.pr.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17367:sergio-sesank-lanca-estado-de-espirito&catid=88:cultura&Itemid=975

EL VIAJE DEFINITIVO - Poema de Juan Ramon Jimenez